Covid-19. Governo vai suspender pagamento por conta

Devido à pandemia, o Governo decidiu prorrogar o primeiro pagamento por conta de 31 de julho para 31 de agosto. Todavia, o Executivo de António Costa pretende agora suspender este pagamento este ano

Governo quer suspender o Pagamento por Conta exigido às empresas em sede de IRC, de modo a evitar que paguem um imposto com base em lucros do ano anterior, avança o “Jornal de Negócios” esta terça-feira. Esta informação foi ontem veiculada pelos Verdes à saída da reunião com o Executivo de António Costa sobre o Plano de Estabilização Económica e Social. Na passada sexta-feira, o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Mendonça Mendes, já tinha admitido estar “consciente” deste problema. “Estamos numa situação excecional que poderá justificar um ajustamento”, afirmou, numa conferência da Ordem dos Contabilistas Certificados. Fontes ouvidas pelo “Negócios” garantem que a medida é já um dado adquirido, apesar de ontem ter sido comunicada como uma das possibilidades em cima da mesa. Recorde-se: os pagamentos por conta são aplicados a empresas que tiveram lucro no ano anterior e apuraram IRC e são devidos em três momentos (julho, setembro e dezembro). Devido à pandemia, o Governo decidiu prorrogar o primeiro pagamento por conta de 31 de julho para 31 de agosto. Todavia, o que está agora em cima da mesa é suspender este pagamento este ano, o que aliviaria a tesouraria de muitas empresas, nota o jornal.

Expresso

8 visualizações0 comentário